Governo federal libera R$ 14 milhões para ações emergenciais nos municípios mais atingidos pelas chuvas em MG

(Brasília - DF, 07/12/2017)  Reunião com o Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, Senador, Aécio Neves e prefeitos de municípios de Minas Gerais.
Foto: Marcos Corrêa/PR

Foto : Marcos Corrêa/PR

Em reunião com senadores Aécio e Anastasia, presidente da República autoriza recursos diretos atender a população

Os municípios mineiros mais afetados pelas chuvas terão uma ajuda emergencial de R$ 14 milhões já autorizados pelo governo federal, nesta quinta-feira (07/12|), para ações humanitárias e de recuperação de ruas e estradas.

Os recursos foram anunciados em reunião solicitada pelo senador Aécio Neves e os prefeitos dos municípios de Rio Casca, Adriano Alvarenga, de Ribeirão das Neves, Junynho Martins e de Caeté, Lucas Coelho, com o presidente Michel Temer e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho.

Os R$ 14 milhões serão distribuídos entre os municípios que mais sofreram com as chuvas nas últimas semanas. Os recursos serão repassados diretamente aos municípios para compra de água, cestas básicas, colchões e medicamentos, além de aluguel de máquinas e compra de combustível para desobstrução de ruas e estradas.

“É fundamental esse esforço para que a população dessas cidades possa retomar seu dia a dia, neste momento de extrema dificuldade. O presidente Temer assumiu o compromisso de dar a esses municípios todo apoio necessário para que possam minimizar os danos materiais e pessoais, alguns deles irreparáveis”, afirmou o senador Aécio Neves, após a reunião.

O prefeito do município de Rio Casca, Adriano Alvarenga, afirmou que os recursos serão de grande importância para a população.

“O senador Aécio Neves foi a pessoa que mais se sensibilizou e marcou essa reunião com o presidente Temer. Essa ajuda será de grande valia para o nosso município. Já disponibilizaram R$ 500 mil para ajuda humanitária e outros R$ 500 mil para custeio de máquinas para limpar as ruas”, explicou o prefeito.

Plano de reconstrução

O secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, coronel Renato Newton Ramlow, informou que o governo federal já reconheceu a situação de emergência dos municípios atingidos, o que permite repasse direto dos recursos emergenciais para as prefeituras.

Na reunião no Palácio do Planalto foi acertado também o envio ao Ministério da Integração Nacional de um plano de trabalho das prefeituras para obras e ações de reconstrução das áreas danificadas, que demandarão mais recursos.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+