Aécio comenta decisão dos EUA sobre suspensão de patentes

Declaração de Aécio Neves, presidente da CREDN, sobre decisão do governo dos Estados Unidos em relação a suspensão de patentes

ALF08783_

O Presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara, deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG), recebeu com esperança a declaração da nova Representante Comercial dos EUA, Embaixadora Katherine Tai, indicando o apoio dos EUA à proposta de suspensão temporária de direitos de propriedade intelectual para vacinas contra da COVID-19.

“Precisamos de vacinas, e precisamos que as vacinas cheguem também às populações nos países em desenvolvimento, como o Brasil. Hoje, 3 em 4 doses de vacinas são aplicadas em países desenvolvidos. Espero que o governo brasileiro reveja sua posição sobre a proposta indiana e sul-africana apresentada na OMC e integre o esforço em defesa do amplo acesso a tecnologias e medicamentos para combater a COVID. Só iremos vencer a pandemia juntos, com cooperação e diálogo entre as nações”, afirmou o deputado que apresentou em março projeto de lei que prevê a flexibilização das patentes das vacinas para Covid. Aécio Neves tratou do tema recentemente com o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom.

“A demora na vacinação de ¾ da população mundial e o desequilíbrio nas condições de acesso a medicamentos e vacinas compromete a recuperação da economia mundial. Maximizar os canais de produção de medicamentos e vacinas, além de uma obrigação moral, é também uma ação de apoio à recuperação da economia mundial. A situação dramática da pandemia exige medidas excepcionais”, disse o presidente da CREDN.

Foto: Alexssandro Loyola/Câmara dos Deputados

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+