Aécio obtém de Temer garantia de recursos para barragens no Norte de Minas e repasses da saúde a municípios

terra seca

Foto : Imagem Ilustrativa

“O presidente me garantiu que, nos próximos dias, anunciará a liberação desses recursos, pleiteados por toda a bancada federal de Minas”, diz Aécio

O presidente da República, Michel Temer, garantiu ao senador Aécio Neves, nesta segunda-feira (21/05), que irá liberar recursos para a conclusão das obras nas barragens Congonhas, Jequitaí e Berizal, no Norte de Minas. Reivindicadas há décadas pela população norte-mineira, as barragens são fundamentais para garantir o abastecimento de água da população e minimizar os efeitos da seca na região. As três obras estão estimadas em R$ 670 milhões.

Em reunião no Palácio do Planalto, o senador cobrou também a liberação para os municípios mineiros de recursos para a área da saúde, reivindicados pelos prefeitos e parlamentares de Minas no Congresso Nacional. O atendimento à saúde em Minas tem sido prejudicado pelos frequentes bloqueios de repasses do governo estadual do PT para a área.

“Estive reunido nesta segunda-feira com o presidente Michel Temer para tratar, dentre outras coisas de interesse de Minas Gerais, de duas extremamente importantes. A primeira delas, a liberação dos recursos para continuidade das obras das barragens do Norte de Minas, de Berizal, Jequitaí e Congonhas, fundamentais para minimizar os efeitos da seca naquela região. E também para tratar da liberação de recursos para a área da saúde, um compromisso assumido pelo presidente da República no ano passado e que, até agora, não foi cumprido”, afirmou o senador.

Aécio Neves destacou que a liberação dos recursos da saúde permitirá aos municípios mineiros um fôlego maior para garantir o atendimento básico à população. A retenção de recursos da saúde pelo governo do Estado acumula uma dívida de R$ 3,7 milhões com os municípios. Somados aos repasses do ICMS, da educação (Fundeb), transporte escolar, piso da assistência social e IPVA retidos, a dívida do Estado com os municípios já ultrapassa R$ 5,2 bilhões.

“O presidente me garantiu que, nos próximos dias, estará anunciando a liberação desses recursos, pleiteados por toda a bancada federal de Minas Gerais, e essenciais para os municípios, já que o governo do Estado, infelizmente, não tem repassado os recursos não só da saúde, mas de várias outras áreas. Portanto, é um esforço coletivo que acredito terá um desfecho adequado nos próximos dias, segundo me disse o próprio presidente da República nesta segunda-feira”, disse Aécio.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+